Definir metas e métricas, não é um luxo é uma necessidade

É tão comum afirmar que a indústria de TI é a única que possui a capacidade de afetar a produtividade de todas as demais áreas da economia, incluindo-se os vários níveis de governo, que nenhuma autoridade de governo, analista de mercado ou profissional da área se atreve a negar esta afirmação.

Entretanto, há uma enorme distância entre reconhecer o potencial da TI e de fato tirar proveito dele.

Em muitas empresas TI é vista apenas como um centro de custo e para mudar esta visão somente com informações e dados concretos. Uma parada de um CPD ou de um servidor importante, como mensurar isto? Qual o impacto disto na corporação?

Imagine agora você levando dados e informações que algo deste tipo poderia ocorrer em sua empresa, e que você já havia alertado; e que este investimento estaria sendo postergado por algum motivo. Claro que o investimento seria aprovado rapidamente agora, mas mais do que isto, você teria muito mais eco em suas solicitações seguintes.

Mas para isto, você deve sempre ter muito claro as metas e métricas que você estará medindo a sua área de TI. É ela que lhe dará sustentação a seus argumentos e as suas solicitações. Sem estas metas e métricas, você também não saberá se é eficiente ou não!

Postagens mais visitadas deste blog

Como adicionar uma rota no MAC OSX

Instalando o IBM Connections 6 - Instalando o ksh93 (korn shell) para o DB2

Outlook add-on com o IBM Verse - entenda como funciona